ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA CARAPEBUS

CARAPEBUS SENTE FALTA DE RITMO E É DERROTADA NA ESTREIA DA B2

17/09/2023 18:28 em Esportes

Mesmo sendo melhor no segundo tempo não conseguiu o empate

Por Arnaldo Garcia (Texto e Fotos)

Uma estreia ruim da equipe da Carapebus no Estadual da Série B2. Após levar um gol aos 14 minutos do primeiro tempo, não conseguiu se acertar e foi derrotada pelo Belford Roxo por 1 a 0. No segundo tempo foi melhor, principalmente com as trocas feitas promovidas pelo técnico Ronaldo Paixão.

O jogo

O time Carapebuense sentiu muito a falta de ritmo e o gol sofrido foi uma falha coletiva do sistema defensivo, o que abateu extremamente o grupo. O adversário se benefíciou disso e promoveu alguns lances perigosos, que poderiam redundar em gols. No segundo tempo, após o tempo técnico, Ronaldo promoveu algumas trocas que melhoraram o rendimento do time, mas não suficiente para empatar ou até mesmo virar o placar.  A bola parada do lateral direito Maiquinho, defendida no ângulo pelo goleiro Matheus Brito; em outra cobrança de falta Lucas Souza acertou o travessão; e, no último lance Cayck quase marcou, após vencer o goleiro. 

Pelo ritmo imposto no segundo tempo, o time carapebuense merecia um resultado diferente

Próximo jogo:

Para a segunda rodada,  domingo (24), contra o Rio São Paulo, em Cardoso Moreira, o treinador Ronaldo Paixão terá à disposição o volante Japa. A tendência é que não haja mudanças radicais na equipe:

“A nossa preparação ficou incompleta por conta da falta de amistosos. Sabíamos que haveria dificuldade nesse sentido. E o gol que sofremos foi também fruto dessa falta de entrosamento e ritmo de jogo, principalmente. Vamos continuar trabalhando, acertando e como já falei, vamos ganhar ritmo dentro da própria competição, afirmou o treinador.

Campeonato do Rio de Janeiro – Série B2

Estádio Nélio Gomes 

Belford Roxo: Matheus Brito; Renatinho, Rafael, Ina e Sardinha; Maia, Yan (Vini Souza) e Ramon; Denilson, Nivaldo (Almeida)  e Camilo; Carlos Tozzi

Carapebus: Bambu; Maiquinho, Lucão, Mumu e Phellipy (Brenno); Nistaldo (Thiaguinho)  Daniel Cunha, LC  e Robinho Carioca(Matheus);  DG (Cayck) e Luan; Técnico: Ronaldo Paixão

 

Árbitro: Lucas Coelho Santos Assistentes: Victor Rangel Lima e Juan Manuel Porto

 

Cartões Amarelos: Yan, Ina,  Carlos Tozzi (BR); Mumu, Lucão e Brenno (Car)